Páginas

31 de mai de 2012

Preciso Alguém


Que me olhe nos olhos quando falo.
Que ouça as minhas tristezas
e neuroses com paciência.
E, ainda que não compreenda,
respeite os meus sentimentos.
Preciso de alguém, que venha brigar ao
meu lado sem precisar ser convocado;
alguém Amigo o suficiente para
dizer-me as verdades que não quero ouvir,
mesmo sabendo que posso odiá-lo por isso.
Nesse mundo de céticos,
preciso de alguém que creia, nessa coisa misteriosa,
desacreditada, quase impossível :
A AMIZADE! 
Que teime em ser leal, simples e justo,
que não vá embora se algum dia eu
perder o meu ouro e não
for mais a sensação da festa.
Preciso de um Amigo que receba
com gratidão o meu auxílio,
a minha mão estendida,
mesmo que isto seja muito
pouco para suas necessidades.
Preciso de um Amigo que
também seja companheiro,
nas farras e pescarias,
nas guerras e alegrias,
e que no meio da tempestade,
grite em coro comigo :
” Nós ainda vamos rir
muito disso tudo ” e ria muuuuito.
Não pude escolher aqueles
que me trouxeram ao mundo,
mas posso escolher meu Amigo.
E nessa busca empenho
a minha própria alma,
pois com uma Amizade Verdadeira,
a vida se torna mais simples,
mais rica e mais bela . . .
Charlie Chaplin


O amor é a luz de todas as fontes, e as pontes as quais eu
terei que passar que seja com toda leveza do mundo . . .

30 de mai de 2012



Quando sua vida começa,
você tem apenas uma mala pequenina de mão.
A medida em que os anos vão passando,
a bagagem vai aumentando
porque existem muitas coisas
que você recolhe pelo caminho,
porque pensa que são importantes .

A um determinado ponto do caminho
começa a ficar insuportável
carregar tantas coisas, pesa demais,
então você pode escolher :
Ficar sentado a beira do caminho,
esperando que alguém o ajude, o que é difícil,
pois todos que passarem por ali
já terão sua própria bagagem.

Você pode ficar a vida inteira esperando, ou pode aliviar o peso,
esvaziar a mala.
Mas, o que tirar ?
Amor, Amizade … nossa!
Tem bastante, curioso, não pesa nada…
Tem algo pesado … você faz força para tirar…
Era a Raiva – como ela pesa!

Aí você começa a tirar, e aparecem a Incompreensão,
Medo, Pessimismo.
Nesse momento, o Desânimo
quase te puxa pra dentro da mala.
Mas você puxa-o para fora com toda a força,
e no fundo da mala aparece um Sorriso,
que estava sufocado no fundo da sua bagagem.
Pula para fora outro sorriso e mais outro,
e aí sai a Felicidade!
Aí você coloca as mãos
dentro da mala de novo e
tira pra fora a Tristeza.

Agora, você vai ter que procurar
a Paciência dentro da mala,
pois vai precisar bastante.
Procure então o resto, a Força,
Esperança, Coragem, Entusiasmo,
Equilíbrio, Responsabilidade, Tolerância
e o Bom e Velho Humor.
Tire a Preocupação também.
Deixe de lado, depois
você pensa o que fazer com ela.

Bem, sua bagagem está pronta
para ser arrumada de novo.
Mas, pense bem o que vai
colocar lá dentro de novo, heim !

Agora é contigo.
E não esqueça de fazer isso mais vezes,
pois o caminho é
MUITO, MUITO LONGO …


Eu só quero viver em paz e usufruir do que Deus nos deixou no mundo, não preciso de riquezas materiais para ser feliz.
 Apenas quero sentir o que Deus nos fala em nossos ouvidos em um simples soprar do vento.
Bob Marley.