Páginas

7 de dez de 2010

CURADO DE VOCÊ

Olha, já passou o meu tormento
Já passou meu sofrimento
Tô curado de você
Não procuro nem saber aonde foi, com quem está
Esqueci seu nome, deixei em algum lugar
E aquele nosso amor, enfim se desfez
E ela por sua vez suplicou a volta
Deu de cara com a porta
Tô curado de você
Tô curado de você
Olha, já passou o meu tormento
Já passou meu sofrimento
Tô curado de você
Não procuro nem saber aonde foi, com quem está
Esqueci seu nome, deixei em algum lugar
E aquele nosso amor, enfim se desfez
E ela por sua vez suplicou a volta
Deu de cara com a porta
Tô curado de você
Tô curado de você
Tô curado de você
Tô curado de você

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deus vê o amanhã com mais clareza do que nós vemos o ontem. Deixe que Ele dirija...