Páginas

7 de jun de 2012



Já se comprovou que todos necessitamos de contacto físico para nos sentirmos bem, e uma das formas mais importantes de contacto físico é o abraço.
Quando nos tocamos e nos abraçamos, levamos vida aos nossos sentidos e reafirmamos a confiança nos nossos próprios sentimentos.
Algumas vezes NÃO encontramos as palavras adequadas para expressar o que sentimos; o abraço é a melhor maneira.
Há vezes que não nos atrevemos a dizer o que sentimos, seja por timidez ou porque os sentimentos nos avassalam; nesses casos pode-se contar com o idioma dos abraços.
Os abraços, além de nos fazerem sentir bem, empregam-se para aliviar a dor, a depressão e a ansiedade. Provocam alterações fisiológicas positivas em quem toca e em quem é tocado. Aumenta a vontade de viver aos enfermos . . .
Quando transferimos a nossa energia com um abraço, as nossas próprias forças aumentam.
O abraço partilha uma energia vital capaz de sanar ou aliviar a alma ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deus vê o amanhã com mais clareza do que nós vemos o ontem. Deixe que Ele dirija...